gatos

MANEJO NUTRICIONAL

Nutrição do gato filhote
Em matéria de alimentação dos filhotes, a única obrigação é a transição do alimento líquido para o alimento sólido, pois a ração que é dada à mãe lhes é perfeitamente conveniente: elevados teores de proteína de boa qualidade, elevada concentração energética, rica em cálcio e vitaminas.
Para evitar riscos de uma diarréia no desmame, aconselhamos um alimento contendo menos de 30% de amido em relação à matéria seca.
Os gatos filhotes devem receber a ração em uma vasilha que seja suficientemente grande para que cada um dos animais tenham livre acesso a ela. Deverão ser distribuídas de 3 a 5 refeições por dia.
A água deve estar sempre limpa e disponível. Deve-se preocupar com a quantidade de água que eles bebem pois estes podem ter problemas urinários caso não consumam volume suficiente de água.

Nutrição do gato maduro
O gato é uma criatura feita para comer carne, mas isso não quer dizer que eles não gostem ou não precisem de alguns vegetais em sua dieta. A proteína é um ingrediente essencial na dieta, e deve constituir no mínimo 25% da dieta de um gato adulto, este precisa de 3g de proteína diariamente para cada 450g de peso corporal. Além das proteínas, eles também precisam de gordura, que devem constituir de 15% a 40% da alimentação.
É também de suma importância o fornecimento de minerais e vitaminas, por isso é essencial que os gatos recebam uma dieta de boa qualidade, balanceada, em quantidade apropriada, preparada e servida de maneira higiênica.

Há 3 tipos de rações:
• Ração enlatada
Vantagem: É muito nutritiva.
Desvantagem: Favorece a formação mais rápida de placas e tártaro nos dentes do que os outros alimentos.

• Produtos semi-úmidos
Vantagem: É muito nutritivo porém tem menos água escondida do que as rações enlatadas.
Desvantagens: São caros e não podem ser armazenadas como as rações enlatadas e tem pouco teor de gordura.

• Rações secas
Vantagens: São bem balanceadas e mais baratas, podem ser facilmente armazenadas e combatem o tártaro.
Desvantagens: O baixo teor de água aliado a quantidade de sal de algumas marcas, pode produzir cristais na urina, capaz de obstruir o canal da urina do animal.

Nutrição do gato idoso
Os gatos idosos tem necessidades nutricionais diferentes das dos animais mais jovens. Muitas vezes eles apresentam determinadas afecções, tais como insuficiência renal crônica, doenças da cavidade bucal, tumores degenerações ósseas ou musculares e diabetes milletes. Embora não possam ser curadas a maioria destas doenças podem ser ao menos atenuadas ou prevenidas pela nutrição.
No decorrer do envelhecimento suas defesas diminuem. O organismo pode ser então ajudado por meio de uma alimentação rica em vitaminas E e C. A vitamina C teria um efeito protetor contra as doenças da cavidade oral, enquanto que a vitamina E, limitando a produção de radicais livres, atenua os efeitos do envelhecimento.
Após uma certa idade é conveniente evitar os alimentos acidificantes da urina, por que eles favorecem o aparecimento de cálculos de oxaloto.

MUNDOPETSHOP©Todos os direitos reservados
Cadima Shopping - Centro - Nova Friburgo - RJ
Tel.:(22) 2522-6590 - contato@mundopetshop.com.br

www.mpdesign.com.br